INPI aumenta em 36% equipe de análise de patentes

14/06/2016 - INPI aumenta em 36% equipe de análise de patentes

LEGISLAÇÃO E TRIBUTOS
Avaliação dos pedidos atualmente leva aproximadamente 11 anos
SÃO PAULO – O Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) dará posse a 70 técnicos nesta quinta-feira, aumentando em 36% o quadro atual de examinadores de patentes.A expectativa é que o reforço possa contribuir para reduzir o tempo de espera para a análise dos pedidos, que hoje é de quase 11 anos. Os 70 técnicos que tomarão posse são apenas a primeira metade de 140 aprovadas em concurso realizado em 2014. O INPI aguarda ainda a nomeação
de mais 30 pesquisadores e 40 tecnologistas (examinador de marcas), além de autorização para realizar novos concursos. O quadro total de pessoal autorizado para o órgão é de 1.820 vagas. Atualmente, 924 estão ocupadas (51%), segundo dados de
março de 2016. Sem pessoal suficiente para analisar os pedidos de patente, o órgão estima que o total de pedidos na fila aguardando exame – o que no jargão da área se chama de backlog – está em aproximadamente 211 mil. Para agravar a situação, o número de pedidos de patentes também vem crescendo. Entre 2005 e 2015, por exemplo, os pedidos subiram de 21.852 para 33.043, alta de 51%. O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Pereira, participará da cerimônia de posse dos técnicos na quinta-feira, ao lado do presidente do INPI, Luiz Pimentel. Clipping ABPI 08 06 2016